Cristiano Ronaldo rebate acusação sobre abuso sexual: “Obra de ficção”

Português se pronunciou por meio da empresa que o representa e negou delito
 
 
Acusado de ter cometido crime de agressão sexual e de ter comprado o silêncio da suposta vítima, o craque português Cristiano Ronaldo quebrou o silêncio sobre o assunto nesta sexta-feira (14).

Horas depois de o caso vir à tona, o atacante do Real Madrid, por meio da Gestifute, empresa que o representa, negou veementemente a história veiculada pela revista alemã Der Spiegel e reproduzida por diversos veículos de comunicação ao redor do planeta.

De acordo com a Gestifute, todas as informações da revista alemã são falsas e o assunto não passa de uma “obra de ficção jornalística”.

Confira a seguir o comunicado na íntegra.

A suposta vítima recusa se identificar e a corroborar a história, e todo o enredo se baseia em documentos não assinados e tão contraditórios que são identificados por códigos em e-mails entre advogados que não mencionam Cristiano Ronaldo, cuja a autenticidade ele desconhece, em uma suposta carta que teria sido enviada pela vítima, mas que ele nunca recebeu“.
 
 
Do R7
Foto: Jasper Juinen/ Getty Images

Leave Reply

 
Miami

39°C
Claro


Siga-nos!


Revista Share!